Popularização do conceito Web 2.0

Segundo a Wikipédia, o termo “web 2.0″ apareceu pela primeira vez em 1999 no artigo intitulado “Fragmented Architeture”, escrito pelo consultor de design  Darcy DiNucci. Ele permaneceria pouco usado até outubro de 2004, quando a empresa O’Reilly Media organizaria a primeira de uma série de conferências com o nome de “Web 2.0″ (site das conferências), que acontecem até hoje.

A partir de então, o termo ganharia popularidade para designar uma espécie de segunda geração de comunidades e serviços, tendo como conceito a “Web como plataforma”, envolvendo wikis, aplicativos baseados em folksonomia, redes sociais e Tecnologia da Informação. Tim O’Reilly, da O’Reiily Media, definiria assim o termo:
Web 2.0 é a mudança para uma internet como plataforma, e um entendimento das regras para obter sucesso nesta nova plataforma. Entre outras, a regra mais importante é desenvolver aplicativos que aproveitem os efeitos de rede para se tornarem melhores quanto mais são usados pelas pessoas, aproveitando a inteligência coletiva“.

Hoje em dia, o termo caiu em desuso, embora o que ele tentou designar – o aproveitamento eficiente da inteligência coletiva da rede para a produção de aplicativos/sites – tenha se consolidado cada vez mais, a ponto de hoje ser considerado como o modus operandi natural da rede.